O que você fez por você em 2018?

Faz tempo que não faço post aleatórios, aliás, faz tempo que não posto com frequência por motivos de: me sentindo esgotada. Por mais que eu ame dezembro, natal e ano novo, nessa época sinto que a minha barra de energia está acabando e preciso parar e recarregar.

Esse ano serão apenas 5 dias de descanso e minha única expectativa é entrar no mar, ler na areia e bronzear a pele em três tons, no mínimo hahahaha! Mas o título do post é: o que vou fazer no final do ano? NÃO HAHAHAHAHA

Ontem no ápice da minha serotonina, durante a aula da zumba eu pensei, Obrigada, Gabriela, por ter nos matriculado na academia! 

Lá no começo do ano, eu fui fazer um exame de rotina e vi que, apesar de tudo aparentemente normal no meu corpo, meu colesterol estava SUPER ALTO e sabe que eu fiz? Não compareci na consulta de retorno e continuei lidando com isso como se não fosse nada. Simples assim. Precisou os astros se alinharem e uma academia praticamente brotar no meu caminho para eu me animar e no alto dos 30 resolver ficar mais saudável.

Por que a gente se negligência tanto? Eu tenho tempo para todo mundo, o trabalho sempre prioridade, a casa sempre em ordem e eu, ficava onde?

Quantas vezes você comeu mal poder voltar trabalhar mais rápido? Já deixou de marcar uma consulta/exame porque o horário iria te atrapalhar? Desmarcou compromissos com amigos e familiares por estar cansado demais ou simplesmente não ter tempo? Reclamou de algo, mas não fez nada pra mudar? Por que a gente aceita coisas que nos fazem mal?

Esse ano fiz outras pequenas coisas que me deixaram extremamente feliz ❤

Por exemplo, seeeempre quis ter um blog, quando comecei empurrava com a barriga achava ele sem graça, mas esse ano (apesar do último mês estar fuéhh) eu investi nele, deixei bonitinho, fiz uma conta no Instagram (segue a gente lá) me preocupei sem tirar fotos melhores. Sabe o que isso resultou? Em algumas milhares de pessoas incríveis lendo, em comentários lindos em inspiração pros meus textos profissionais naqueles dias que fico travada.

Você já fez algum curso porque queria sem ter nenhuma obrigação ou pretensão profissional? Eu nunca tinha feito! Mas achei um curso básico sobre vinhos na ABS-SP e decidi fazer, meu marido também se animou e foi uma das melhores coisas que poderíamos ter feitos juntos! Fazer algo que você gosta ao lado de quem se ama não tem preço!


Abrimos vinhos que “deveriam ser guardados” com companhias especiais.

Eu queria ter viajado mais, principalmente gostaria de ter ido para algum lugar no meu aniversário, mas comecei o ano em Ilhabela mais uma vez, organizei uma viagem MARAVILHOSA para Mendoza e tive o melhor final de semana do ano no RJ, esse último sem programar, sem pensar. Vamos? Vamos! E que sorte a minha ter gente tão incrível na vida!

Esse ano tive que aprender que solitude é diferente de solidão e apreciar minha própria companhia em diversos momentos.

Esse ano doei todos sapatos que me machucavam, todas as roupas que esperavam um evento único para sair do armário. Esse ano eu me dei a oportunidade de ler livros de autoajuda, religião sem me julgar por isso.

Esse ano eu poderia ter feito mais por mim, tirado o siso (em janeiro!), deveria ter feito todos os exames e ido em todos os médicos, deveria ter estudado. Merecia mais mergulhos no mar.

Mas termino esses últimos dias de 2018 orgulhosa por ter feito essas poucas e boas coisas por mim. Acho que esse ano não foi fácil pra ninguém e sei também que tudo que escrevi não chegam 10% das coisas boas que aconteceram, mas eu espero chegar em 2019 sabendo que eu mereço mais, e que eu posso e devo fazer mais por mim.

Que no próximo ano a gente termine cheia de boas atitudes e ótimas histórias pra contar ❤

PS: Esse não é o último post do ano! (assim espero!) hahahahahahah

E chegaram as férias…

IMG-0998Sexta é meu dia preferido da semana, apesar de todo o cansaço acumulado, eu tenho a sensação que posso fazer tudo.

É um dia que eu faço questão de abrir um vinho, encontrar amigos, fazer um date especial com o marido. Mesmo se acabo indo pra casa, faço de tudo para ser especial. É algo que me dou de presente toda semana.

Hoje é diferente, além de ter toda essa magia, ainda tem um frio na barriga, tem uma ansiedade boa. Nos próximos dias estarei de férias! Em nenhum lugar muito exótico ou extravagante, serão 10 dias para conhecer um lugar novo, para aproveitar, descansar e até ter conteúdo novo para blog.

Hoje minha sexta é mais do que especial ❤

 

 

Suplevit Mulher – Minha experiência

O relato é meu, mas com certeza você pode se identificar.

Até uns 3 anos atrás eu tinha mexido muito pouco no cabelo e ele era 100% natural e muito saudável. Primeiro fiz uma luzes bem leves, que ficaram ótimas e quase não estragaram meu cabelo, quase um ano depois quis fazer um pouco mais e aí que começou dar ruim. A cor não ficou boa, 5 meses depois ajustei a cor e apenas detonei meu cabelo.

Fiquei uns 4 meses com a cor nova, loiro quase branco, e escureci, cortei e continuava detonado. Aí em outubro cortei muito, ficou lindo, mas durou menos de um mês.

Meu cabelo é fiiiiiino e pouco, mas ele não é escorrido, tem uma textura um pouco ondulada nas pontas (na adolescência eu ODIAVA ISSO e fazia escova e chapinha TODOS OS DIAS) mas na faculdade cortei e comecei a amar ele natural.

O problema é que, ou ele fica na altura do pescoço ou ele tem que ser longo, porque o meio termo, meu cabelo fica IGUAL o do Cássio, goleiro do Corinthians hahahahah e eu não estou zoando.

Foi por estar com o cabelo do Cássio que eu comecei a procurar alternativas para meu cabelo crescer rápido. Fui no dermatologista, ela me passou uma fórmula e questionei sobre algumas do mercado, como a Suplevit e o Luminus Hair (que não confio nos depoimentos).

Ela falou que sem problemas, mas que era melhor tentar um mês, ver como meu corpo iria reagir, se ficasse tudo bem poderia tomar por mais 60 dias e depois voltar para a consulta. Então, ao ler esse post não saia comprando um carregamento de vitaminas, ok? Por conhecer outras mulheres que já tomavam o Suplevit Mulher, ele foi a minha escolha e o melhor custo benefício.

O que é?

IMG-5289

Achei melhor pegar da própria bula, Suplevit® Mulher é um suplemento vitamínico específico para as necessidades femininas. Formulado na Itália pelo renomado Instituto de pesquisa em nutricosméticos Monte Research® em parceria com a EMS, sua Fórmula Vitalitá atende exatamente as necessidades diárias das mulheres para uma Pele, Cabelo e Unhas saudáveis. Contém 23 vitaminas e minerais, como a vitamina A, C e E, biotina, zinco e ácido fólico, além de ser enriquecido com Óleo de Linhaça.

Como Funciona?

As vitaminas e minerais presentes no Suplevit Mulher agem diretamente na deficiência desses nutrientes, fornecendo ao corpo a quantidade ideal para que seu funcionamento se mantenha perfeito e dessa forma saudável.

Há alguma contra indicação?
Não é aconselhável em caso de alergia a algum dos componentes da fórmula.

O que eu gosto é que apenas uma cápsula por dia e é aconselhável tomá-la pela manhã, apesar de grande, tomo em jejum com bastante água e nunca tive nenhum tipo de desconforto estomacal ou enjoo.

Apesar do objetivo ser meu cabelo crescer, antes de começar a cartela minhas unhas não passavam uma semana sem quebrar, sem exageros! Não conseguia deixá-las crescer, descamavam horrores, mas tomando o Suplevit há exato um mês elas não quebraram, nem lascaram, essa foi a principal diferença que notei.

Sobre o cabelo, cresceu sim. Mais que o normal? Um pouco, mas foi visível, sabe? O ótimo achei que ele caiu menos.

A parte sobre aumentar a energia e a imunidade, não tenho grandes considerações a fazer, não notei nada anormal.

Vale a Pena?

Meu cabelo não cresceu tudo isso em um mês, só pra ilustrar que em 3 meses ele o crescimento foi notável, especialmente no último quando comecei com a vitamina.

Sim! Primeiro comprei apenas uma caixa para ver se me adaptava, se iria me sentir bem e como deu certo desta vez comprei a de 60 dias, o custo benefício é ótimo, já que a de 30 dias custa cerca de 35 reais e essa sai por 60 reais. Minha unha unha está outra e por isso já teria valido muito a pena, mas o resultado no cabelo também foi dentro do esperado, sem milagres, mas muito bom!

Vale lembrar,  complexo vitamínico geralmente é relacionado ao ganho de peso, eu não notei nenhum diferença em relação a isso, na própria descrição nutricional tem a informação que cada cápsula possui apenas 8kcal, então podem ficar tranquilas!

MAS, novamente, primeiro vá ao médico, se consulte, pesquise, por mais que não seja um remédio é sempre bom ter cuidados.

Eu tenho um blog e tenho vergonha

Na minha mini bio desse blog eu falo que sou jornalista quase frustrada, por que isso? Eu nunca nem cogitei em cursar outra graduação que não fosse Jornalismo, eu sempre li muito, muita revista, jornais sempre que possível e sempre foi isso que eu quis fazer. Mas tem um grande porém, eu tenho vergonha de que pessoas que eu conheço leiam o que escrevi.

Não, você não leu errado, eu não gosto de mostrar meus textos para ninguém!

Grande parte da minha vida profissional atuei em assessoria de imprensa e é meu trabalho atual, inclusive. Ai você pensa, UFA então não precisa escrever tanto, né? Ledo em engano. Atendo uma grande editora que tem diversos lançamentos mensais, e é uma coisa que eu amo, ter a oportunidade de os ler livros em primeira mão, resenhá-los, escrever inúmeros releases e se tem uma coisa que eu odeio, mandar todos esses textos para aprovação hahaha

Sério, mesmo recebendo elogios, tendo poucas alterações finais, eu sofro e tenho vergonha!

No primeiro blog que tive com amigas, só divulgava as postagens delas as minhas deixava lá quietinhas. Este blog apenas meu marido e uns dois amigos sabem da existência. Fiz uma conta no Instagram para divulgar um pouco ele, mas o belezinho do tio Mark avisou pra todo mundo que eu tinha uma conta nova e cada conhecido que começava me seguir eu suava frio.

Por que disso tudo?

IMG-5759
Uma foto um pouco brega do dia do meu aniversário só pra complementar o assunto

Sei lá, talvez de julgamento, das pessoas que eu conheço pessoalmente acharem meu conteúdo besta, de pensarem, nossa tão jornalistona e só escreve bosta e futilidade hahahaha 

Mas o motivo dessa reflexão é: Eu me dedico a este blog com “seriedade” há uns 8 meses e mesmo sem amigos ou familiares me dando força eu ando alcançando números que me deixam extremamente feliz. Eu fiz esse blog por mim, mas quando o meu conteúdo chega até você, isso me faz bem!

Ter a oportunidade de dividir dicas e até ajudar alguém em alguma coisa vai além do que eu esperava deste blog, por isso hoje quis compartilhar e também agradecer vocês por lerem o  que eu escrevo sem nenhum tipo de julgamento